Gentileza em primeiro lugar

Foto: Instagram Estilo Gentil

Foto: Instagram Estilo Gentil

Lembra quando as horas passavam mais devagar e você "perdia" seu tempo numa conversa despretenciosa com seus vizinhos? É com essa nostalgia, e uma paixão por roupas, que surgiu a Estilo Gentil. 

A ordem da casa é a gentileza! Criada inicialmente na sala da casa da Cris para depois ganhar seu próprio ateliê, a Estilo Gentil nasceu com o intuito de trazer uma moda mais leve, destacando o conforto e a beleza natural de cada mulher.

Com um estilo "à moda antiga," é o amor pela criação e a vontade de estabelecer uma relação mais profunda e com significado que move as donas da marca.

Conversamos com a Cris e sua filha Isabela e aqui dividimos com vocês mais sobre essa marca que acredita que a beleza não está apenas na elegância de uma peça, mas também em um sorriso no rosto. 

Foto: Instagram Estilo Gentil

Foto: Instagram Estilo Gentil

Modifica: Como começou e de onde surgiu o interesse em trabalhar com essa "nova" moda mais consciente? 

Isabela: Começou em 2015, de hobby, com a vontade da Cris de fazer camisetas de malha básicas e algumas outras peças chave. Depois só de um ano teve outra coleção de inverno e depois uma de verão, mas ainda a marca estava em 2o plano já qua a Cris trabalhava com outras marcas. Em Outubro de 2017 (re)lançamos a marca com identidade nova, novos tecidos, cores, modelos além de camisetas, nova linguagem.. As coleções prezam por ter peças que vão do dia à noite; da cidade à praia; do sofá ao restaurante. Estaremos sempre investindo em bons tecidos e boa modelagem!

M: Como, e de quanto em quanto tempo, são desenvolvidas as coleções? 

I: Basicamente são duas coleções por ano, verão e inverno. Somos muito recentes ainda! Nossas 2 coleções (Verão 2017/18 e Inverno 2018) foram criadas com 4 a 6 meses de antecedência. Começamos sempre pelas nossas referências, depois vem as criações (as vezes desenho, as vezes bases de roupas nossas antigas que queremos renovar, as vezes necessidades) e os nomes femininos (geralmente escolhemos um tema ou uma nacionalidade, o verão vai ser todo espanhol!), e depois vai... Pilotos, ajustes, tecidos e cores, fotos...

M: Quais os principais materiais usados pela marca?

I: Algodão, Viscose, Linho, Poliéster, Lã. Toda a nossa produção é local e buscamos cada vez mais usar tecidos mais ecológicos. Nosso principal fornecedor está sempre antenado em ter tecidos que respeitem cada vez mais o meio-ambiente.

M: Quais são os valores explorados? 

I: Respeitamos muito nosso estilo de se vestir e nosso corpo; prezamos pela honestidade, educação e respeito com todos os nossos fornecedores, clientes e pessoas à nossa volta; estamos sempre sorrindo, gostamos de viver a vida leve!; não fazemos nada que vá contra nossa personalidade, mesmo se é moda ou tendência! Nos importamos muito com cada um dos nossos fornecedores, prestadores de serviço e clientes! Nosso “estilo gentil” vem muito da autenticidade, respeito e alegria de lidar com tudo e todos.

M: Qual é percepção de vocês sobre o consumo de moda no Brasil? 

I: No Brasil as pessoas se apegam muito às tendências e moda do momento, e acabam muitas vezes não respeitando sua personalidade e corpo para vestir algo que a faça realmente se sentir bem e linda. Em uma minoria, percebemos que a consciência de consumir constantemente tem diminuído..

M: Qual impacto/mudança vocês querem trazer? 

I: Queremos mostrar que não precisa estar na moda, não precisa estar sempre comprando, não precisa mudar seu corpo para se sentir bonita. Adoramos nos sentir elegantes e confortáveis, por isso criamos para todas as ocasiões, idades, corpos. Queremos criar laços com as pessoas! Somos à moda antiga.. gostamos de receber, tomar café, papear. Não gostamos de superficialidade e falta de pessoalidade.

M: O que as move? 

I: Sermos apaixonadas por roupa. Nossa cabeça está sempre borbulhando com novas ideias! Vemos inspiração na arquitetura, na arte, no design, nas pessoas na rua, na brisa do verão, no frio europeu.. O processo nos move. Pesquisar, criar, ver a peça piloto e a arara pronta com diferentes cores, texturas e caimentos, nos rende muito sorriso e celebração. 

   

Adriana ZemelComentário