Roupateca: vamos compartilhar?

Foto: @roupateca

Foto: @roupateca

A economia compartilhada é uma das grandes tendências para 2019.

Como já falamos bastante por aqui, os hábitos de consumo em diversos segmentos vem mudando. Não é que as pessoas deixaram de se sentir atraídas por consumir novidades - diria até que isso é ainda mais forte hoje em dia - o que vem mudando é que elas estão deixando de lado a vontade de TER algo, em troca pelo TER ACESSO. 

Alguns exemplos bem conhecidos dessa nova economia são o spotify, serviço de música por streaming, e as bikes e patinetes espalhados por toda cidade.

Na moda, uma das precursoras desse movimento em São Paulo é a Roupateca. Criada em 2015 pelas sócias Daniela Ribeiro e Flávia Nestrovski, a marca funciona como um guarda-roupa compartilhado.

Por meio de planos mensais, suas clientes passam a ter acesso a um guarda-roupa que oferece inúmeros estilos, diversas opções de peças e muita criatividade. Mais importante: a Roupateca colabora também para um consumo muito mais consciente e sustentável. 

Foto: @roupateca

Foto: @roupateca

“Se já existe roupa linda, nova e pronta, então por que a gente precisa comprar tudo o tempo todo de novo?” questiona Daniela em entrevista para o site da Glamour.

A Roupateca chegou para transformar. Como um convite à reflexão à forma como consumimos, ela nos faz questionar se precisamos realmente comprar tudo o que queremos usar.

Para nós do Moda Modifica, a Roupateca é uma união de tudo que acreditamos. A marca não apenas destaca a importância do consumo consciente, mas oferece um espaço onde é possível experimentar, criar, ser livre e, cada vez, mais se auto-conhecer.

Sem dúvida alguma, super indico uma visita à Casa Roupateca, localizada na Rua João Moura, 997 - Pinheiros, São Paulo.

Adriana ZemelComentário