Como eliminar micropartículas? Uma alternativa nada convencional

A poluição causada pelo plástico é um dos grandes assuntos discutidos atualmente.

Se nada mudar, em 2050 haverá mais plástico do que peixe nos oceanos. E boa parte desse plástico não é nem visível a olho nu.

Conhecidas como microplástico - e como o próprio nome já diz, são pequenas partículas de plástico que estão invadindo o meio-ambiente. Um dos responsáveis por elas são as roupas feitas de produtos derivados do petróleo, como as de poliéster ou nylon. Ao lavarmos nossas roupas, tais partículas se soltam das roupas e acabam em nossos rios e oceanos.

Mas, recentemente, pesquisadores descobriram uma proteína que pode acabar com o problema do microplástico. Sua fonte não poderia ser mais inesperada: vem dos “dentes” que as lulas possuem em seus tentáculos.

Tal proteína pode ser a alternativa perfeita para os plásticos, e ainda é biodegradável, não causando nenhum impacto ao meio-ambiente.

Para a indústria da moda, essa solução pode ser gigante. Funcionaria como uma solução para as micro-partículas do plástico, formando uma camada resiste à erosão dessas partículas.

E, para melhorar toda essa história, o uso das lulas não é necessário, já que é possível criar essa proteína a partir de bactérias geneticamente modificadas, usando açúcar, água e oxigênio, em um processo muito parecido com o da fermentação.

_________________

How to eliminate microparticles? An unconventional solution

Pollution caused by plastic is one of the biggest topics nowadays.

If nothing changes, by 2050 we’ll have more plastic than fishes in the ocean. But we can’t even see a big part of this plastic.

Known as micro plastic - and as the name itself says, this are tiny plastic particles that are invading the environment. One of the responsible for them are synthetic clothes, such as the ones made of polyester or nylon. When we wash our clothes, such particles come off our clothing and end up in our rivers and oceans.

But recently, researchers found a protein that could put an end on the micro plastic issue. Its source could not be more unexpected: it comes from the teeth-lined suckers of a squid’s tentacles.

Such protein could be the perfect solution for plastics, also being biodegradable, causing no impact on the environment.

For the fashion industry, this is a huge solution. Could be a solution to all the micro-plastic, creating a coating that holds the particles together and attached to the garment during laundry.

And to make this solution even better, they wouldn’t even need to use actual squids, since it is possible to recreate this protein from a genetically modified bacteria  using sugar, water, and oxygen, in a process not that different from fermentation.


Adriana ZemelComentário