Uniqlo aposta em jeans sustentável

Foto: Nikkei Asian Review

Foto: Nikkei Asian Review

A Fast Retailing, empresa dona de grandes marcas como a japonesa Uniqlo, acaba fazer um anúncio para lá de animador.

A marca revelou seu plano de cortar o uso de água da sua produção de seus jeans em mais de 90%, começando em 2020.

Atualmente, gasta-se uma média de 5 mil litros de água na produção de um par de jeans, sendo a maior parte dela simplesmente jogada fora depois. Em sua produção também são usados químicos e corantes, grandes responsáveis pela poluição de rios e fluviais.

Mas não é apenas para a questão da água que a Fast Retailing está buscando uma resposta.

Outro problema super sério vivido pela indústria do jeans está ligada à técnica usada para trazer aquele ar cool e vintage às peças. Conhecido como jateamento de areia esse processo é super perigoso para a saúde dos trabalhadores da indústria, afetando seus pulmões.

Com tais questões em mente, a Fast Retailing acaba de apresentar uma nova estratégia baseada em uma tecnologia de lasers que não só será capaz de economizar água, mas fará com que o processo de finalização das calças jeans, que hoje ainda é feito em grande parte de forma manual - trazendo riscos à saúde, torne-se computadorizado.

E se você quer entender mais sobre os efeitos que a indústria jeans causa ao nosso planeta, vale a pena assistir ao documentário Blue River.

Adriana ZemelComentário