Uma marca de respeito

Foto: @kowtowclothing

Foto: @kowtowclothing

Profundo respeito: esse é o significado da marca Neozelandesa Kowtow, que surgiu para suprir um vazio no mercado em relação a roupas de alta qualidade produzidas de forma ética e sustentável. 

Foto: @kowtowclothing

Foto: @kowtowclothing

Em 1989, Gosia Piatek, fundadora da marca, saiu com a sua família da Polônia e se mudou para a Nova Zelândia como refugiada política. Nessa mudança, passou a ter uma relação muito mais intensa com a natureza e foi daí que veio sua vontade em construir uma marca ecológica. 

Além disso, sua história como refugiada fez com que questões políticas estivessem sempre muito presentes em sua vida e, consequentemente, em sua marca. E sua visão e ideia sobre direitos humanos, ética e meio-ambiente estão totalmente conectadas com a maneira como suas peças são produzidas e seu comprometimento com todas as etapas e pessoas envolvidas com sua marca. 

Oferecendo peças com design minimalista, um ponto super diferenciado da marca é o fato dela não comprar tecidos prontos, mas produzir tudo dentro de casa. Dos tecidos às estampas e todo o processo de tingimento, garantindo sua missão e valor, como contou Gosia em matéria para a Paper: "Nosso comprometimento com a ética e sustentabilidade nos possibilitou a criação do nosso próprio fio, tecido e cores únicos nossos. Nós desenvolvemos todos os detalhes: texturas, cores, listras. Eles são escolhidos com um propósito (...)."

Se você ainda não conhece a Kowtow, te garanto que vale! Então corre lá pro site da marca www.kowtowclothing.com e volta pra me contar o que achou! 

____________

A respectfable brand

Deep respect: this is the meaning of the New Zealand label Kowtow that was created to fill a gap in the market regarding great quality outfits that were also produced in an ethical and sustainable way.

It was 1989 when Gosia Piatek, founder of Kowtow, left Poland together with her family and moved to New Zealand as a political refugee. This move brought her a deeper relationship with nature, bringing the desire to develop a eco-brand.

Besides, Gosia’s history as a refugee made political issues always to be very present in her life and, by consequence, in her brand. Her vision about humans right, ethics, and environment are deeply connected with the form Kowtow’s garments are produced and also the brand’s commitment with every step of production and the people involved with the brand.

Offering clothes with a minimalistic design, something really unique about the brand is the fact that they don't buy ready-to-use fabrics, but they produce everything in-house. From fabrics to prints, and all the dyeing process, making sure to keep with Kowtow’s mission and value, as Gosia told during an interview for papermag: “Our commitment to ethics and sustainability has allowed us to create our own yarn, fabrics and colors that are unique to us. We develop every detail: texture, colors, stripes, checks and melanges—they are all purposefully chosen (…)"

If you’re still not familiar with Kowtow, I guarantee is worth it! So run to the brand’s website www.kowtowclothing.com and let us know your impressions!

 

 

 

 

 

 

Adriana ZemelComentário