Esculturas de vestir

Foto: @wkndla

Foto: @wkndla

Para muitos, decorar suas casas com obras de arte é um grande prazer. Poder chegar depois de um longo dia e simplesmente aprecia-las. Mas quem disse que elas não podem te acompanhar? A WKNDLA (Weekend LA), é uma marca de Los Angeles - não diga!, que não produz apenas jóias, mas “arte para se usar,” como é descrito no próprio site.

Produzidas e desenhadas em Los Angeles, os produtos da marca são feitos de forma ética e sustentável, seguindo o movimento do slow-fashion.

Foto: @wkndla

Foto: @wkndla

Com um estilo minimalista, as peças trazem muita beleza e criatividade, com diversos formatos e texturas. Tudo desenvolvido a mão e sob medida.

Na WKNDLA, tudo é feito por apenas uma pessoa: Cindy Hsu Zell, fundadora e designer da marca.

Cindy gosta de lembrar seus clientes que por mais que muitas vezes receba e-mails em nome do time, ele é formado, na verdade, apenas por ela. O que significa que ao comprar uma das peças da marca, você está também apoiando um pequeno negócio liderado por uma mulher.

______________

Wearable sculptures

For many, to decorate their homes with art is a huge pleasure. To get home after a long day and be able to simply appreciate them. But who said they can’t join you throughout the day? WKNDLA (pronounces Weekend LA), is a brand from Los Angeles - you tell me!, that doesn’t produce only jewelry, but “wearable art,” as it is described in the company’s website.

Produced and designed in LA, the brand’s products are ethical and sustainable made, following the slow-fashion movement.

With a minimalistic vibe, the pieces bring a lot of pretty and creativity, with many shapes and textures. All made to order by hand.

In WKNDLA, everything is made by only one person: Cindy Hsu Zell, the brand founder and designer.

Cindy likes to remind her clients that even though receiving many emails addressed to the team, this team is formed, actually, by her only. What means that when shopping from her brand, you’re also supporting small business led by a woman.

Adriana ZemelComentário